Os dramas jurídicos já se tornaram um verdadeiro clássico entre as séries de TV. Mesmo que a sua vida profissional não se aproxime em nada com a carreira de um advogado, há sempre um certo prazer em ver como essa classe consegue trabalhar duro para defender vítimas − ou, por outro lado, para causar algumas injustiças.

Se você curte séries com advogados, este texto é para você. Confira as 6 melhores atrações da Netflix dentro desse gênero para maratonar hoje mesmo!

6. Império da Dor (2023)

A recém lançada minissérie Império da Dor levanta bastante polêmica ao expor um caso real terrível: a epidemia de vício em opioides causada pela inserção do medicamento OxyContin no mercado americano pela indústria farmacêutica Purdue Pharma, comandada pela família Sackler. O remédio foi vendido como um tratamento para dor não viciante, mas o que ocorria era exatamente o contrário.

Boa parte da trama gira em torno de Edie Flower (Uzo Aduba), que é uma investigadora do Ministério Público que começa a se questionar sobre os efeitos do OxyContin e tenta enquadrar os Sackler pelos danos que estão cometendo – em especial, o presidente Richard (papel de Matthew Broderick). Muitas cenas transcorrem em disputas jurídicas em que os advogados da empresa tentam tirá-la da responsabilidade do que estão causando à sociedade americana.

5. How To Get Away With Murder (2014 – 2020)

No ar por seis anos, How To Get Away With Murder encantou os muitos fãs de Annalise Keating (Viola Davis), uma advogada durona que leciona em um curso de Direito, ao mesmo tempo em que atua em casos no direito criminal.

Ela mantém cinco estudantes como seus protegidos, mas eles logo se envolvem em tramas que os fazem questionar sobre a idoneidade de sua mestra. Há muitas reviravoltas na história, e Viola Davis arrasa com uma performance digna de prêmios. Não por acaso, ela recebeu um ganhou um Emmy e um NAACP Image Award por sua atuação neste suspense criminal.

4. Anatomia de Um Escândalo (2022)

Aqui temos mais um drama jurídico capitaneado por David E. Kelley. Anatomia de Um Escândalo fala de uma sucessão de escândalos que abalaram a elite do Reino Unido. Eles envolvem Sophie Whitehouse (Sienna Miller), que aparentemente tem uma vida perfeita em seu casamento com James (Rupert Friend), um sujeito de vida pública, com quem tem dois filhos lindos.

Só que as coisas começam a mudar quando James resolve confessar alguns deslizes que cometeu. Sophie então passa a se questionar sobre se realmente conhece o homem com quem se casou. Ao mesmo tempo, ele passa a ser investigado por um crime terrível, mas James afirma ser vítima de uma armação. Nesse momento, entra na trama a advogada Kate Woodcroft (Michelle Dockery), que luta para condená-lo e garantir que a justiça seja feita.

3. O Poder e a Lei (2022)

Produzida por David E. Kelley (de Big Little Lies), O Poder e a Lei é uma série baseada na série de livros de Michael Connelly. Ela acompanha o advogado idealista Mickey Haller (Manuel Garcia-Rulfo), que roda Los Angeles sempre no banco de trás de seu carro, atuando em pequenos e grandes casos jurídicos na cidade.

Depois de se afastar da profissão por algum tempo, ele está buscando um novo caminho para seguir dentro do Direito. Quando se depara com um mistério, Haller parece ter encontrado algo interessante. Só que, ao mesmo tempo, ele lida com suas questões pessoais: está tentando se reaproximar de suas ex-esposas, Lorna (Becki Newton) e Maggie (Neve Campbell), e da filha Hayley (Krista Warner).

2. Suits (2011 – 2019)

Suits é uma série bastante interessante que foca mais na rotina que ocorre dentro dos escritórios de advocacia do que necessariamente nos casos com que os advogados lidam. No centro, está Mike Ross (Patrick J. Adams), um advogado que nunca cursou a faculdade de Direito.

É uma trama provocante, cheia de reviravoltas e, claro, repleta de advogados irritados e desagradáveis. A terminologia jurídica está bastante presente no roteiro − você pode até aprender algumas coisas sobre a área apenas por assistir à série. De quebra, esta é a atração que lançou Meghan Markle à fama antes de ela se tornar a esposa do príncipe Harry.

1. Better Call Saul (2015 – 2022)

Better Call Saul está, sem dúvida, entre os melhores spin-offs de todos os tempos. Mas, além disso, a série derivada de Breaking Bad certamente pode listar entre as melhores séries que focam em dramas jurídicos.

O foco aqui é no advogado “chave de cadeia” Saul Goodman (Bob Odenkirk), cujo nome real é Jimmy. A série apresenta a sua vida pregressa antes que ele se tornasse o carismático personagem de Breaking Bad. Ainda traz detalhes da relação complexa que ele mantém com seu irmão Chuck (Michael McKean), um advogado excelente que se vê acometido por um transtorno mental que o incapacita. Mesmo sendo bastante densa, Better Call Saul consegue entregar uma combinação perfeita entre comédia e drama.

Fonte – Uol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao navegar no site ,você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência e os termos da GDPR (LGPD) Conheça nossa Politica de Privacidade 
Ola Podemos te ajuda
Podemos Te Ajudar ?
SEJA BEM VINDO
Ola nos do Grupo Eco estamos muito fefiz por voçê estar aqui no que posso Ajudar ?