A Artemis 3, na qual, pela primeira vez em mais de 50 anos, duas pessoas colocarão os pés no polo sul da Lua, será realizada em setembro de 2026.

“A segurança é a nossa maior prioridade”, ressaltou o diretor da Nasa, que anunciou “mais tempo para trabalhar no desenvolvimento” do projeto Artemis. Apesar dos adiamentos, “realmente não acredito que a China irá aterrissar na Lua antes de nós”, acrescentou.

A missão Artemis 2 deve durar cerca de 10 dias, com quatro astronautas a bordo em sua passagem ao redor da Lua, três deles americanos, e um, canadense. A missão foi adiada por motivo de segurança, uma vez que vários problemas têm que ser resolvidos antes da decolagem, explicou Amit Kshatriya, representante da Nasa.

O projeto da agência americana de voltar à Lua também busca construir a estação espacial Gateway, que irá abrigar naves espaciais em missões posteriores.

A empresa SpaceX, do magnata Elon Musk, ganhou o contrato para o desenvolvimento de um sistema de pouso para a Artemis 3, baseado em uma versão de seu protótipo do foguete Starship, ainda longe de estar pronto após dois testes orbitais malsucedidos.



Fonte – Uol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao navegar no site ,você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência e os termos da GDPR (LGPD) Conheça nossa Politica de Privacidade 
Ola Podemos te ajuda
Podemos Te Ajudar ?
SEJA BEM VINDO
Ola nos do Grupo Eco estamos muito fefiz por voçê estar aqui no que posso Ajudar ?