À medida que o mundo busca soluções para os desafios ambientais e a dependência dos combustíveis fósseis, os carros elétricos emergem como uma revolução não apenas no setor automotivo, mas também na economia global. Vamos explorar juntos os diversos aspectos da economia dos carros elétricos, incluindo investimentos, empregos, cadeias de suprimentos e o impacto nas indústrias relacionadas.

Uma acelerada transição para veículos elétricos está impulsionando as pesquisas e o desenvolvimento de soluções inovadoras. Empresas automotivas, startups e gigantes da tecnologia estão investindo bilhões no desenvolvimento de novos tipos de bateria, novos softwares para veículos (incluindo os autônomos) e novas formas de promoção de  eficiência energética. Esse fluxo de capital não apenas impulsiona o avanço tecnológico, mas também cria empregos e fortalece a economia em diversas áreas.

Carro elétricosA cadeia produtiva dos veículos elétricos impactam, diretamente, na economia global.

Os investimentos em infraestrutura de recarga, com redes de carregamento rápidas e ultrarrápidas, são fundamentais para a adoção em massa dos veículos elétricos, que já chegam demandando estas soluções. Estas irão exigir ampliações e melhorias nas redes de distribuição de energia, para que a capacidade elétrica de fornecimento seja prontamente atendida.

A mobilidade elétrica está transformando a indústria com investimentos pesados de multinacionais em novas plantas locais, para produção e desenvolvimento tecnológico nacional.

O ecossistema da mobilidade elétrica é reconhecido internacionalmente por criar empregos ultraqualificados e movimentar uma extensa cadeia produtiva, com posições que vão desde o setor de mineração até a indústria de infraestrutura de recarga elétrica.

Com o aumento da demanda por carros elétricos, o setor energético enfrenta mudanças significativas. A transição para fontes de energia mais limpas e renováveis é acelerada, impactando positivamente a economia relacionada às energias sustentáveis e reduzindo a dependência de combustíveis fósseis.

Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), a transição tecnológica terá um impacto para o setor na ordem de R$ 250 bilhões em gastos adicionais decorrentes da infraestrutura até o ano de 2035, somente o Brasil deverá investir R$ 14 bilhões. 

A produção de células de baterias, considerada a parte mais importante dos carros elétricos, está estimulando a demanda por novos materiais além dos tradicionais (cobalto, lítio e níquel). Isso influencia diretamente nas economias de países que possuem reservas desses minerais, criando oportunidades de crescimento econômico e diversificação.

Além disso, a mudança para carros elétricos está impulsionando a necessidade de cadeias de suprimentos mais sustentáveis, para a aplicação nas demais partes dos veículos (carroceria, revestimentos, etc.). Empresas buscam parceiros comprometidos com práticas ecológicas e uso de materiais com alta reciclabilidade, incentivando a inovação e a eficiência em toda a cadeia produtiva.

A movimentação da economia, provocada pelos carros elétricos, vai além do setor automotivo, deixando um impacto significativo em diversas áreas. Os investimentos em inovação, as transformações nas indústrias relacionadas e a criação de empregos estão moldando uma nova era econômica.

À medida que os carros elétricos se tornam mais acessíveis e a infraestrutura de suporte se expande, a transição para uma mobilidade mais sustentável promete não apenas um benefício ambiental, mas também um impulso substancial para as economias globais.

Fonte – Uol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao navegar no site ,você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência e os termos da GDPR (LGPD) Conheça nossa Politica de Privacidade 
Ola Podemos te ajuda
Podemos Te Ajudar ?
SEJA BEM VINDO
Ola nos do Grupo Eco estamos muito fefiz por voçê estar aqui no que posso Ajudar ?